Evento

APG Gestão Pública 2018

DIRIGIDO A LÍDERES DO SETOR GOVERNAMENTAL
MÓDULO 1 (EAD): DEZEMBRO DE 2017 | MÓDULO 2: 22 A 26 DE JANEIRO DE 2018

Programação

22/01/2018 - 08:00 às 19:00

OSCAR MOTOMURA

APG GESTÃO PÚBLICA

Currículo

OSCAR MOTOMURA é o fundador e principal executivo da Amana-Key, uma das organizações mais especializadas do mundo na área de gestão, estratégia e liderança de organizações complexas do setor empresarial e governamental, e da sociedade civil.
Executivo multidisciplinar, com uma experiência de mais de trinta anos na liderança de projetos de alta complexidade, Motomura é considerado um dos mais criativos especialistas em estratégia do país. A expressão “equações impossíveis”, cunhada por ele, resume muito bem o foco de seu trabalho: situações altamente desafiadoras e aparentemente sem solução. Segundo costuma dizer, “quanto mais difícil uma equação, mais atraente ela é, porque exige ‘criatividade radical’, a descoberta de caminhos inéditos e soluções jamais testadas antes”.
Na visão de Motomura, o “impossível” deve ser encarado como algo ainda não viabilizado devido a limitações e barreiras reais (de difícil superação) ou culturais/imaginárias (“fabricadas” pelo mental das pessoas). Em sua definição, o papel essencial da estratégia é viabilizar o impossível (visto que viabilizar “o que já é viável” não requer criatividade nem competência...).
Motomura vem trabalhando em consultoria para grandes empresas nacionais e multinacionais e também para organizações governamentais, especialmente em projetos de reinvenção estratégica e preparação para o futuro, incluindo evolução cultural, integração de culturas, revisão da própria identidade da organização e preparação do time de alta administração para os desafios internos e externos à frente.
É conhecido pelo seu carisma e estilo único na condução de eventos educacionais de grande porte e na mediação de debates abertos sobre temas complexos e polêmicos. Sua formação multidisciplinar, criatividade e visão sistêmica têm sido fundamentais para a facilitação de diálogos, mesmo os mais robustos, com líderes dos mais diferentes setores.
Além de CEO da Amana-Key, Motomura é um cidadão ativo do país e do mundo, criador de várias iniciativas ao longo das últimas décadas, como os projetos/movimentos “Estratégia de país”, “Eleitores conscientes”, “Projeto Jovens”, “PGE - Programa de Gestão Empreendedora” (para jovens universitários) e outros na área de responsabilidade social e sustentabilidade.
Como principal acionista da Amana-Key, vem fazendo com que todos os resultados gerados pela Amana-Key sejam reinvestidos na evolução da própria organização e aplicados em projetos ligados à evolução do todo maior (na área da ética e da busca do bem-estar para todos).
Motomura é também co-chairman do Conselho Internacional da Carta da Terra e da Iniciativa Carta da Terra em Ação.


Objetivo

Neste evento de cinco dias integrais, Oscar Motomura e seus convidados estarão conduzindo um programa superintensivo para atualização de líderes do setor governamental no que existe de mais avançado e inovador na área de gestão pública. Especial ênfase será dada a soluções de vanguarda que governos de diferentes partes do mundo estão criando para suas equações críticas nas áreas de governabilidade que integra os planos federal, estadual e municipal num todo que faça sentido para o conjunto de cidadãos do país. Além dessas soluções de vanguarda (que vão além dos conceitos tradicionais de “melhores práticas”), a Amana-Key estará oferecendo, aos participantes, “gabaritos” para criação de inovações pela raiz nas principais áreas de serviço à sociedade (em educação, saúde, segurança, comunicação, infraestrutura etc.). A estrutura conceitual (liderança e gestão sistêmica) e a consagrada metodologia didática do APG estarão presentes também no APG Gestão Pública.


Conteúdo

PRINCIPAIS TEMAS

O conteúdo do APG Gestão Pública abordará todos os aspectos técnicos, políticos, culturais, estratégicos e humanos que definem a evolução das organizações públicas e da sociedade como um todo, no curto, médio e longo prazos e girará em torno de 12 papéis:

1. O Gestor Público como Estadista (Atenção ao Todo Maior);

2. O Gestor Público como Estrategista (A Busca da Viabilização do Impossível);

3. O Gestor Público como Agente de Transformação (A Renovação Contínua como Responsabilidade Inerente);

4. O Gestor Público como Catalisador de Resultados (A Busca de Produtividade Classe mundial);

5. O Gestor Público como Arquiteto de Processos e Redes (Liderando por Design);

6. O Gestor Público como Inovador Técnico (O Uso Criativo de Tecnologias de Ponta);

7. O Gestor Público como Mediador/Diplomata (A Prioridade da Harmonia Organizacional);

8. O Gestor Público como Negociador (A Conquista das Melhores Condições de Trabalho);

9. O Gestor Público como Educador (Formando Equipes para Hoje e o Futuro);

10. O Gestor Público como Líder de Líderes (Naturalidade com Poder e Influência);

11. O Gestor Público como Servidor (A Consciência de Serviço à Coletividade);

12. O Gestor Público como Cultivador de Valores (A Ética como Caminho para Realização do Bem Comum)



PRINCIPAIS FOCOS DO APG

Novos papéis que os líderes da organização precisarão desempenhar de forma cada vez mais inovadora e integrada/sistêmica para fazer diferença nos tempos de grandes desafios em que vivemos hoje.

1. O LÍDER COMO ESTADISTA – Como assegurar uma liderança capaz de compreender o contexto mundial e atuar na evolução do todo maior?

2. O LÍDER COMO ESTRATEGISTA – Como assegurar uma liderança capaz de explorar oportunidades emergentes e criar inovações radicais capazes de “viabilizar o impossível”?

3. O LÍDER COMO EDUCADOR – Como assegurar uma liderança capaz de desenvolver outros líderes, a ponto de se tornarem melhores do que eles próprios?

4.O LÍDER COMO INTEGRADOR – Como assegurar uma liderança sistêmica, capaz de unir, conectar e restaurar interco-nexões na organização?

5. O LÍDER COMO ENERGIZADOR – Como assegurar uma liderança capaz de manter sempre altos os níveis de motivação e fazer com que todos atuem em seu melhor estado?

6. O LÍDER COMO DESIGNER – Como assegurar uma liderança capaz de desenhar contextos que promovam a integração e a emergência de inovações?

7. O LÍDER COMO TRANSFORMADOR – Como assegurar uma liderança capaz de "disturbar” e provocar profundas transformações culturais?

8. O LÍDER COMO COMUNICADOR – Como assegurar uma liderança capaz de superar barreiras e garantir o alinhamento e a troca de informações entre todas as áreas?

9. O LÍDER COMO REALIZADOR – Como assegurar uma liderança capaz de otimizar resultados – mesmo em contextos adversos – e fazer acontecer?

10. O LÍDER COMO NEGOCIADOR – Como assegurar uma liderança capaz de harmonizar interesses e conflitos, até mesmo em contextos de grandes divergências?

11. O LÍDER COMO EXPEDICIONÁRIO – Como assegurar uma liderança capaz de dar direção clara e catalisar reinvenções contínuas na organização?

12. O LÍDER COMO CIENTISTA – Como assegurar uma liderança capaz de formular equações estratégicas (e suas soluções) ajustadas aos desafios emergentes?